quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Resenha {Livro} - A Culpa é das Estrelas (John Green)

Boa tarde caros leitores.
Sabem quando um livro é tão bom que fazer uma resenha dele torna-se uma tarefa um tanto quanto complicada? Então, eu não sabia até agora, ao começar a resenha um dos melhores livros que já li em minha vida, A Culpa é das Estrelas, de John Green.
Espero que minha resenha chegue pelo menos perto do nível de genialidade desse livro, para que desperte em você, caro leitor, a curiosidade e o interesse em ler o livro.
Sem mais delongas, a resenha:
A Culpa é das Estrelas, novo livro do John Green lançado recentemente aqui no Brasil conta a história de uma menina, Hazel Grace, e sua luta contra o câncer.  Entretanto o foco principal do livro não é apenas falar da doença e sofrimento da Hazel e dos demais personagens, mas sim nos mostra a história de uma menina alto astral, determinada, super bem humorada e romântica. Além da protagonista Hazel, existem outros personagens que compõem a trama, tais como os amigos de Hazel que ela conhece no clube de apoio que frequenta. Lá ela conhece Isaac, um menino brilhante e mega engraçado, e o amigo de Isaac (e também de Hazel): Augustus Waters. Augustus, ou Gus como é popularmente conhecido, é um rapaz lindo e gamante, ex-jogador de basquete (mas que não gostava muito disso), e muito engraçado.
Mesmo diante de suas limitações por conta da doença, os três jovens levam a vida da melhor forma possível.

"Até onde sei, você pode escolher a forma de contar uma história triste nesse mundo, e nós fomos pela opção divertida."
(John Green, p. 190)

O lado mais "triste" da trama é apresentado pelos pais da Hazel, do Gus e do Isaac, sempre muito preocupados com a condição dos filhos mas que apesar dos pesares, se divertem com as irreverentes "figuras" que são os filhos deles.
E finalmente somos apresentados ao escritor favorito de Hazel (que posteriormente torna-se o favorito de Gus também): Peter Van Houten, um homem excêntrico com sua importância dentro da trama mostrada mais pro final do livro.
É um livro lindo, tocante, triste e engraçado. Te faz rir e chorar ao mesmo tempo. Com diz o próprio autor: Feel all the things! (Sinta todas as coisas!). E digo por experiência própria quanto a falta que sinto de Hazel e cia. 

"Alguns Infinitos são maiores que outros."
(John Green)


283 páginas | 1° edição | 2012 | Intrínseca




8 comentários:

  1. Não vejo a hora do meu chegar todo mundo fala tão bem desse livro... Você mesmo diz que é perfeito *-*
    Ansioso para poder ler ^^

    By Helton Braganeto - musicsoundslikelife.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim que chegar leia; vale muito a pena *----*

      Excluir
  2. Amei sua resenha, parabéns. Todos estão falando mega bem desse livro, assim que possível quero ler sim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownt, obrigada ^-^
      Leia, você vai amar a história :D

      Excluir
  3. Awn, estou louca pra ler esse livro, concorrendo em um monte de sorteios pra ganhar ele. beijos
    http://menina-dos-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você ganhe uma promoção. Esse livro é perfeito *-*

      Excluir