quarta-feira, 18 de março de 2015

{Primeiras Impressões} - A mais pura verdade, de Dan Gemeinhart

NUNCA É TARDE DEMAIS PARA VIVER A MAIOR AVENTURA DA NOSSA VIDA.
A Mais Pura Verdade | Dan Gemeinhart | Lançamento em breve | Adicione no Skoob
-------------------------------------
Recebi a amostra da Novo Conceito e só tenho a agradecer-la por me dar um gostinho da história de Mark, Beau e cia.
Nessa história, conhecemos Mark, um menino que sai em busca de seu sonho: escalar uma montanha. Embarcamos então na maior aventura de Mark e seu inseparável amigo, o cãozinho Beau.
Até aqui a história me parecia ser sobre um menino vivendo um sonho ao lado de seu fiel companheiro; e é exatamente isso. Porém há um diferencial que de certa forma acaba mudando o rumo da leitura: Mark está muito doente e quer, com essa aventura, realizar aquele que pode ser seu último sonho; mas (tinha que ter outro "mas/porém/entretanto" ^^') a história, ao que me pareceu, não foca na doença do menino, e sim em sua viagem, então poderemos esperar uma boa história que, apesar de tratar de algo triste, o faz de maneira singela, propiciando uma leitura emocionante  e prazerosa. Mal posso esperar pelo lançamento para garantir meu exemplar do livro e descobrir como se dará o desfecho da história.
Vale ainda destacar o trabalho gráfico do livro, que ficou simples e bonito. A capa, com o fundo azul e formas simples, deu um toque especial ao livro; e a diagramação é outro primor, com uma ilustração que ilustra cada capítulo (e "meio-capítulos") do livro. E outro ponto que merece destaque nessa breve análise da obra é a divisão dos capítulos, narrados por Mark (nos "capítulos-principais") e por seus pais ou sua amiga Jessie nos capítulos que entremeiam os capítulo da obra (os "meio-capítulos").

A capa linda
A contracapa, igualmente linda (amei esse verde no fundo <3)
As ilustrações que acompanham os capítulos (e o indicador de quanto falta para Mark chegar à montanha)
Os "meio-capítulos". Reparem no detalhe do 1/2

"A vida é um saco. Essa é a mais pura verdade. Mais uma coisa que eu não entendo: por que todo mundo sempre tenta fingir o que não é?"
(Dan Gemeinhart, p.31)

2 comentários:

  1. Oi Isabelle! ^^
    Já vi muita gente falando desse livro. Não vou negar que fiquei curiosa com a história, mas a evitei por se tratar de uma história com o protagonista doente. Não leio esse tipo de história, não pela escrita, mas por experiências pessoais mesmo. No entanto o fato dela não ser focada na doença, mas sim na aventura que o menino vive me interessou! Vou dar uma olhada nela com mais carinho! :)

    Tem uma tag pra você no meu blog:
    hipercriativa.blogspot.com.br/2015/03/tag-7-coisas.html

    Espero que goste!
    Beijusss;

    ResponderExcluir
  2. Amiga também achei essa ideia da editora maravilhosa, assim podemos decidir se queremos ou não investir no livro. Adorei a amostra é já recebi o livro da editora e nos próximos dias pretendo concluir a leitura dessa história. Estou torcendo por um final minimamente feliz.
    A diagramação está perfeita!!!
    Enfim parabéns pelo texto e espero que vc consiga concluir a leitura dessa história.

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir