quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Resenha {Livro} - Percy Jackson e os Olimpianos - A batalha do labirinto (Rick Riordan)

Após os eventos de O Mar de Monstros, Percy está agora numa nova escola - onde o namorado de sua mãe, Paul Blofis, dá aulas - e lá encontra Rachel Elizabeth Dare, a menina mortal que havia encontrado no livro anterior que consegue ver através da névoa. Ambos são atacados por empousais, que põem fogo na escola enquanto Paul vê tudo. Nesse meio tempo, Annabeth aparece na escola e consegue levar Percy de volta ao acampamento.
Ao chegar ao acampamento, Percy descobre que o Sr. D. saiu do acampamento para ajudar os outros deuses e um novo professor chama sua atenção: Quintus, um meio-sangue esgrimista que se mostra amigável e disposto a ajudar Percy e cia.
Uma nova missão é dada aos heróis, porém dessa vez dirigi-se diretamente a Annabeth, que deverá empreender uma jornada pelo labirinto de Dédalo a fim de impedir Luke de conquistas mais aliados na batalha que se aproxima.

"[...] A única informação que conseguiram foi: os homens de Luke estão explorando o Labirinto."
(Rick Riordan, p. 57)

Mas uma vez somos apresentados a personagens e lugares da mitologia grega, e dessa vez a lenda do Labirinto de Dédalo - grande arquiteto e inventor da mitologia grega - é o foco da narrativa, assim como o que está ligado à essa lenda.
Com uma narrativa envolvente do começo ao fim, Riordan encanta com as palavras e nos faz ficar loucos pela continuação. Logo que terminei a leitura desse livro, fiquei doida para começar o último (que pena, já acabou :S), apesar de ter demorado para começar a ler a continuação.
Sem dúvida, leitura mais que recomendada ;)

367 páginas | 2° edição | 2009 | Intrínseca





Nenhum comentário:

Postar um comentário