sábado, 24 de dezembro de 2016

Resenha {Livro} O presente do meu grande amor, Stephanie Perkins (org)

Todo final de ano eu leio um livro cuja temática é esta data maravilhosa: o Natal 
Neste ano não poderia ser diferente, e o livro da vez foi O presente do meu grande amor, uma coletânea de contos que se passam em dezembro, seja comemorando o Natal, o Chanukah ou o Ano Novo.
Cada conto trás uma história diferente, que não possuem relação com as demais histórias (como acontece em outro livro com temática natalina, o Deixe a neve cair - confira resenha aqui), então cada uma conta com personagens distintos, tanto fisicamente quanto em personalidade, numa diversidade muito boa de se ver - e ler!
Além disso, apesar de tratarem do mesmo tema, cada história trás suas particularidades: algumas trazem elementos fantásticos, como é o caso do conto Encontre-me na estrela do norte, da Jenny Han, que narra a rotina do Papai Noel e seus duendes ajudantes antes da noite de Natal com um membro inusitado na "família do Pólo Norte": a filha do Papai Noel. É um conto muito fofinho, um dos que eu mais gostei, e o fantástico não é nada muito absurdo.
Por outro lado, em alguns contos a ideia do fantástico não funcionou muito, como é o caso de A garota que despertou o sonhador, da Laini Taylor, onde a "mitologia" do conto não foi muito bem desenvolvida, deixando a história um tanto confusa.
E temos também Krampuslauf, da Holly Black, que diferentemente do conto da Jenny, a fantasia é bem mais sutil e também conta com um pouco de drama.
Outras histórias são mais emocionantes, como acontece em Estrela de Belém, da Ally Carter, que no começo me pareceu uma história bobinha sobre uma garota que não quer passar o Natal em Nova York e acaba então trocando de lugar com outra menina e vai parar numa cidade de interior fingindo ser uma estudante de intercâmbio islandesa. No final das contas descobrimos o verdadeiro motivo dessa "troca" e adicionando a isso o passado da família com quem ela fica, o conto se mostra uma bonita história sobre família, perdas e amor.
E por fim temos também histórias com um toques de humor, como é o caso do conto da organizadora da coletânea, É um milagre de Yule, Charlie Brown, onde Stephanie narra a "saga" de uma jovem filha de hippies que vai parar numa loja de pinheiros naturais de Natal a fim de conseguir a ajuda de North, um menino da sua idade que trabalha lá.

Agora, a minha história favorita foi sem dúvida Bem-vindo a Christmas, Califórnia, da Kiersten White, que conta a história de uma menina que não vê a hora de terminar a escola para poder se mudar da pacata cidade de Christmas, que para ela não trás nenhuma perspectiva de futuro. Até que ela conhece o novo cozinheiro da lanchonete que a mãe administra, que com comidas (natalinas ou não) preparadas com muito amor mudará o modo como ela e os demais habitantes da pequena cidade vivem suas vidas.

"- A véspera de Natal é o meu dia preferido - digo. - Acho que a expectativa é mais divertida do que qualquer outra coisa. Eu meio que tinha perdido isso. A ideia de que alguma coisa, a comida, as tradições, uma data arbitrária no calendário, possa ser especial. Simplesmente porque decidimos que é. Não apenas para nós mesmos, mas para os outros [...]"
(Kiersten White, p. 285)

Gostei bastante do livro no geral (mesmo não tendo gostado de alguns contos, os bons supriram o que faltou nos medianos ^^'), e o mais legal foi conhecer novos autores (só conhecia a escrita da Rainbow, da Stephanie e da Gayle, então pude conhecer muitos autores novos *-*), seus estilos de escrita e quem sabe procurar mais histórias deles algum dia. Então deixo aqui minha dica de leitura para este Natal e Ano Novo (e demais épocas do ano).

Beijinhos a todos e todas, Feliz Natal e até a próxima ♡



350 páginas | 1ª edição | 2014 | Intrínseca






Nenhum comentário:

Postar um comentário