sábado, 30 de dezembro de 2017

{Caixinha de Correio} Dezembro/2017

Esse mês tem livro de Black Friday, de promoção pós Black Friday, de presente de natal adiantado e de sorteio de evento e de cortesia de editora. Então senta que lá vem história....
Esses dois livros lindos aqui foram recebidos de cortesia pela editora HarperCollins Brasil, que este ano realizou uma ação com diversos blogs e instas literários a fim de promover seus lançamentos - e eu só tenho a agradecer pela parceria maravilhosa que tem dado super certo *-* - Estou super ansiosa para ler ambos e resenhá-los aqui pra vocês ;) (inclusive já separei O verão da minha vida pra ler agora no verão porque tem tudo a ver \0/)
Romance policial em dosa dupla, surta comigo!!!!! Brincadeiras a parte, estes dois livros foram ganhos nos sorteios do evento do blog Eu, Astronauta - um meu, outro da minha mãe (minha mãe inclusive já começou a ler Gênese, e ela disse que está amando, então minha ansiedade pra ler ele tá enorme!!!!). E antes de assistir ao filme, quero ver se leio Boneco de neve, então é claro que ambos já estão na meta de leituras de 2018 ;)

Encerrando os livros que ganhei, este foi uma surpresa super especial da minha grande amiga Alexandra (valeu, Ale *-*). Eu já tinha lido o livro anterior a esse, o primeiro da série Batidas Perdidas, da Bianca Briones (inclusive tem resenha dele aqui - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/2015/01/recensione-livro-as-batidas-perdidas-do.html), mas depois não tive oportunidade de ler os demais livros da série. Eis então que a linda da Ale me falou que tinha esse livro e me perguntou se eu queria, e é óbvio que eu aceitei *-* Já tá na minha meta de leituras de 2018 ;)
Estas foram minhas últimas compras do ano no Poupa Tempo do Bangu Shopping aqui no Rio, um lugar mágico onde encontramos livros a 2, 3 e 5 reais (os loucos pro promoções surtam *-*). Os dois aí de cima são romances de época, e agora que eu estou virando a louca dos romances de época não pude deixar de trazê-los pra casa. Só tenho agora que encontrar o primeiro deles (descobri que é uma trilogia, apesar de serem histórias independentes). Já o de baixo eu gostei pela capa (me julguem!) e quando li a sinopse não pensei duas vezes: tinha que trazer pra casa. Parece ser daquelas comédias meio clichê que eu AMO, então já estou louca pra ler *-*

Comprei este livro de uma amiga por motivos de James Patterson + romance policial *-* Sem falar que eu comecei a ler a série Clube das Mulheres Contra o Crime este ano (tem até resenha do primeiro livro aqui no blog já, 1º a morrerhttp://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/2017/04/resenha-livro-1-morrer-james-patterson.html) e quando vi que ela estava vendendo este livro, não deu outra: vou comprar *-* Esses livros são meio difíceis de encontrar, principalmente os primeiros livros, que foram publicados pela editora Rocco e já estão fora de catálogo, então quando encontro algum em promoção (olha a louca das promoções de novo XD) aproveito para garantir meu exemplar *-* Mal posso esperar pra ler essa belezinha...
Romance histórico com um escocês e viagens no tempo... já sei que vou gostar! Desde que vi esse lançamento da Verus estava louca para ler, e quando o vi num a venda num grupo de troca e venda de livros no facebook, não deu outra: comprei! Mais um que estou louquinha para ler *-*
Agora que terminei o nível básico do curso de francês é hora de praticar mais o idioma; e tem forma melhor de praticar um idioma do que lendo algo que a gente gosta?! *-* Sou apaixonada pelos contos do Edgar Allan Poe, então sei que vou amar ler eles em francês - mesmo que saiba ainda bem poucas palavras ^^'
Por fim (mas não menos importante), a grande estrela do dia: Animais Fantásticos e Onde Habitam em edição ilustrada lançado este ano pela editora Rocco (que com certeza quer levar os Potterheads à falência XD). Esta foi minha única compra na Black Friday deste ano e posso garantir que valeu super a pena! A edição está lindíssima (depois farei um post aqui mostrando ela pra vocês), com ilustrações incríveis e acabamento impecável tanto das folhas do miolo quanto da capa dura <3

--------------------------------------------------

Ufa, acabou! Este mês foi super positivo, tanto com as promoções quanto com os livros ganhos - e eu só tenho a agradecer a todos os envolvidos. Espero poder ler todos estes livros em breve e resenhá-los aqui para vocês ;)

Aproveito este post, o último do ano, para desejar um 2018 repleto de paz, amor, alegria, saúde e muitas leituras. E muito obrigada por acompanharem o Attraverso le Pagine este ano *-*

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Christmas Cracker Book Tag

(Deixe a neve cair, Extraordinário, O chamado do Cuco)

Quando vi essa tag no grupo A corte vermelha não pensei duas vezes: tenho que respondê-la no blog *-* Então, vamos lá?!

1. Um livro com capa relacionada com o inverno
Deixe a neve cair (vários autores)
Esse livro reúne três contos que se passam na noite de natal e cujos personagens de cada história interagem uns com os outros de alguma forma (tem resenha dele aqui no blog: http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/2015/12/recensione-livro-deixe-neve-cair-john.html).
Além de ter histórias fofas, a capa é outra fofura, com esses flocos de neve que dão todo um charme

2. Um livro que você compraria para dar de presente no Natal
Extraordinário (R.J. Palacio)
Esse livro é muito amor, com aquele tipo de história que aquece o coração quando lemos, por isso eu indico a todos - especialmente agora que lançaram o filme baseado nele - e ficaria super feliz de dar ele de presente no Natal para alguém especial.

3. Um livro com tema festivo
Curtindo a vida adoidado (Todd Strasser)
Fiquei um tempão tentando lembrar de um livro com tema festivo que já tivesse lido até que vi nas minhas listinhas de leituras anuais a versão literária do filme Curtindo a vida adoidado (Ferris Bueller Day Off), meu filme dos anos 80 favorito, e assim ele entrou aqui, afinal não há nenhum personagem mais festivo do que o Ferris. Esse livro (e o filme, claro!) é uma grande festa, e o Ferris celebra especialmente a vida e o instante. Amooo
Ah, e tem resenha dele por aqui: http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/2016/07/recensione-curtindo-vida-adoidado-todd.html

(Os contos de Beedle, o bardo)

4. Um livro que gostaria de ler confortavelmente perto da lareira
Os contos de Beedle, o bardo (J. K. Rowling). 
Eu AMO essas histórinhas do mundo bruxo, então nada mais justo do que escolher esse livro em especial para ler no aconchego de uma lareira acompanhada de um café quentinho ❤

5. Um livro que gostaria de ler durante a época natalina
Milagre na rua 34 (Valentine Dabies)
Tenho muita vontade de ler esse livro justamente por ele se passar no natal - assim como quero assistir ao filme. O filme pretendo assistir este ano, já o livro, só o futuro dirá ^^’

6. Um livro que é tão bom que dá arrepios
O chamado do cuco (Robert Galbraith)
Esse livro da J.K. Rowling escrito sob o pseudônimo Robert Galbraith é simplesmente fantástico! Quando eu pensava que a J.K. não poderia me surpreender mais, ela foi lá e lançou um livro policial (o primeiro de uma série) e foi paixão à primeira lida!

7. Um livro que gostaria de ganhar de Natal
Tartarugas até lá embaixo (John Green)

Sou apaixonada pelos livros do John Green, e desde que soube que ele iria lançar um novo livro, fiquei super empolgada para ler, então nada mais justo que este seja o livro que queira de presente de natal (pena que ninguém vai me dar livro de presente; buáaaaa ☹)


sábado, 23 de dezembro de 2017

Grandes lançamentos da editora Arqueiro para janeiro de 2018

Nem terminou o ano e a editora Arqueiro já jogou a bomba dos seus próximos lançamentos - e eu não estou conseguindo lidar com tamanha ansiedade pra todos eles *-*
A seguir, maiores informações sobre três lançamentos que prometem para 2018:

Meia guerra (Joe Abercrombie)
LANÇAMENTO: 08/01/2018
TÍTULO ORIGINAL: HALF A WAR
NÚMERO DE PÁGINAS: 368
SINOPSE: Apenas meia guerra é travada com espadas.
A outra metade é travada com palavras.
A princesa Skara vê todos os que ama morrerem na sua frente e o seu palácio ser consumido pelas chamas. Tudo o que lhe resta são palavras... Mas palavras podem ser tão letais quanto armas. Disposta a se vingar, ela enfrenta seus medos e aguça a inteligência, indo atrás de pai Yarvi.
O ministro de Gettland já percorreu um longo caminho desde a escravidão, fazendo aliados entre antigos rivais e estabelecendo uma paz instável. Porém, agora, a cruel avó Wexen arregimenta o maior exército desde que os elfos guerrearam contra a Divindade Única e põe Yilling, o Brilhante, como seu comandante – um homem que venera apenas a Morte.
Skara pode ser a peça que faltava para forjar de vez a aliança entre Gettland e Vansterland, alicerçada na fortaleza de seus antepassados, pronta a enfrentar a fúria do Rei Supremo. Nessa guerra, ela contará com o apoio de uma ministra inexperiente, mas leal, e de um matador imprudente que espera superar fantasmas de antigos conflitos sangrentos.
Neste último episódio da série Mar Despedaçado, finalista do British Fantasy Awards, Skara e Yarvi lideram a grande e aguardada batalha rumo a um desfecho inimaginável.

Porque essa série demora tanto pra ser lançada, MY GOD!!!! Anyway, pensou numa série fantástica incrível, pensou em Mar Despedaçado do Joe Abercrombie. Os dois primeiros livros são sensacionais (inclusive tem resenha de ambos no blog, Meio rei e Meio mundo) e espero fortemente que este siga pela mesma linha.
A coroa da vingança (Colleen Houck)
LANÇAMENTO: 08/01/2018
TÍTULO ORIGINAL: REUNITED
NÚMERO DE PÁGINAS: 416
SINOPSE: Meses após sua pacata vida como herdeira milionária sofrer uma reviravolta e ela embarcar numa vertiginosa jornada pelo Egito, Lilliana Young está praticamente de volta à estaca zero.
Suas lembranças das aventuras egípcias e, especialmente, de Amon, o príncipe do sol, foram apagadas, e só resta a Lily atribuir os vestígios de estranhos acontecimentos a um sonho exótico. A não ser por um detalhe: duas estranhas vozes em sua mente, que pertencem a uma leoa e uma fada, a convencem de que ela não é mais a mesma e que seu corpo está se preparando para se transformar em outro ser.
Enquanto tenta dar sentido a tudo isso, Lily descobre que as forças do mal almejam destruir muito mais que sua sanidade mental – o que está em jogo é o futuro da humanidade.
Seth, o obscuro deus do caos, está prestes a se libertar da prisão onde se encontra confinado há milhares de anos, decidido a destruir o mundo e todos os deuses. Para enfrentá-lo de uma vez por todas, Lily se une a Amon e seus dois irmãos nesta terceira e última aventura da série Deuses do Egito.

Outra conclusão de trilogia que estou surtando pra ler *-* Apesar do primeiro livro não ter sido tudo aquilo, sendo inclusive muito criticado, eu gostei um bocado (ainda mais se tratando de mitologia egípcia, minha paixãozinha <3), então estou com grandes expectativas para este livro. 
Ps.: as resenha dos livros anteriores disponíveis no blog (O despertar do príncipe e O coração da Esfinge)
Mais lindo que a lua (Julia Quinn)
LANÇAMENTO: 08/01/2018
TÍTULO ORIGINAL: EVERYTHING AND THE MOON
SINOPSE: Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.
Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?
Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?

Tem mais Julia Quinn vindo aí, senhoras e senhoras *-* Como não se empolgar com isto, hein?! 
Mais um romance da aclamada autora de romances de época que promete conquistar a todos!

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Resenha {HQ} - O diário de Anne Frank

Quem nunca ouviu falar da Anne Frank? Acho que pouquíssimas pessoas. 
Anne Frank foi uma menina judia que viveu na época da Segunda Guerra Mundial. Como todo jovem, Anne tinha grandes sonhos, adorava os artistas de sua época, tinha muitos amigos. Mas sua vida foi interrompida por causa do nazismo. Sendo ela e sua família judia e o sistema fascistas sendo cada vez mais repressor com as minorias, Anne se vê obrigada a se esconder num pequeno anexo no escritório em que seu pai trabalhava e dividir um pequeno cômodo com mais sete pessoas. A menina tinha também um grande sonho: ser escritora. Quando completou 12 anos, ganhou de presente de seus pais um diário que acabou levando para o anexo e anotando seu dia-a-dia, suas iras e aspirações e sua sexualidade. 
O roteiro é perfeito para um romance, não?! Pena que não se trata de um romance, mas de uma história real. Seu diário foi encontrado e guardado por uma amiga e, posteriormente, entregue a Otto Frank, seu pai, que o publicou na década de 1940 e muitas vezes foi questionado a autenticidade, principalmente pelo revisionismo francês. Mas, anos depois, foi provado que era um relato verdadeiro e publicado na década de 1980 na íntegra. A partir daí, várias versões do livro foram publicadas, incluindo uma capa que remete ao próprio diário de Anne Frank. 
Além de vários filmes (indico este com a Felicity Jones no papel da irmã de Anne: https://www.youtube.com/watch?v=fb-0HlsNv2Y), foram lançados também recentemente algumas histórias em quadrinhos baseado no diário. A versão que tenho é da Mirella Spinelli, roteirista e ilustradora, publicado pela editora Nemo. O livro é fino, mas muito emocionante. As cores e os traços são muito impressionantes e envolventes. Spinelli utiliza alguns recursos para identificar alguns personagens como se o leitor entrasse na mente de Anne Frank e visse as imagens que ali estavam como na foto abaixo mostrando os Van Pels brigando o tempo todo e, assim, como a menina os enxergava. 
Outro episódio do livro interessante é a analogia feita pela roteirista e ilustradora ao falar da liberdade que Anne tanto sentia falta durante os dois anos em que ficou escondida como na imagem a seguir: 
“O Diário de Anne Frank em Quadrinhos” termina como o diário, claro, mas este conta o que houve com os personagens após a guerra. 
Lançado em 2017 e com menos de 100 páginas, o livro é perfeito para crianças, adultos e adolescentes e grande opção para os professores utilizarem em sala de aula (tanto nas de História como nas de Literatura). 

“Malfeito feito.”


terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Filmes natalinos na Netflix ♡

Desde que assinei (finalmente!) a Netflix com minha amiga (valeu, Nessa *-*), não me canso de procurar filmes e séries dos mais variados gêneros para assistir, seja sozinha ou com minha mãezinha (adoramos assisti-los juntas ^-^). E entre as listas e recomendações do serviço de streaming, encontrei alguns filmes bem bacanas sobre esta época mágica do ano: O natal ♡
Alguns eu já tinha visto e outros conheci graças à Netflix, essa linda! E assim selecionei cinco deles para montar minha listinha natalina e compartilha-la com todos.

O Grinch (2000)
Um Grinch (Jim Carrey) que odeia o Natal resolve criar um plano para impedir que os habitantes da pequena cidade de Quemlândia possam comemorar a data festiva. Para tanto, na véspera do grande dia, o Grinch resolve invadir as casas das pessoas e furtivamente roubar delas tudo o que esteja relacionado ao Natal.

Assisti esse filme quando era pequena mas lembro bem pouco dele, então resolvi assisti-lo novamente este ano e foi amor à segunda vista! A história desse "bichinho" que odeia o Natal é envolvente e intrigante, e me deixou com muita vontade de ler o livrinho do qual o filme é baseado, Como o Grinch roubou o Natal, do Dr. Seuss.

O estranho mundo de Jack (1993)
Jack Skellington (Chris Sarandon) é um ser fantástico que vive na Cidade do Halloween, um local cercado por criaturas fantásticas. Lá todos passam o ano organizando o Halloween do ano seguinte mas, após mais um Halloween, Jack se mostra cansado de fazer aquilo todos os anos. Assim ele deixa os limites da Cidade do Halloween e vagueia pela floresta. Por acaso acha alguns portais, sendo que cada um leva até um tipo festividade. Jack acaba atravessando o portal do Natal, onde vê demonstrações do espírito natalino. Ao retornar para a Cidade do Halloween, sem ter compreendido o que viu, ele começa a convencer os cidadãos a sequestrarem o Papai Noel (Edward Ivory) e fazerem seu próprio Natal. Apesar de argumentos fortes de sua leal namorada Sally (Catherine O'Hara) contra o projeto, o Papai Noel é capturado. Mas os fatos mostrarão que Sally estava totalmente certa.

Eu simplesmente AMO o filme do Jack - assim como AMO o Jack Skellington ♡ - então não poderia deixar esse filme maravilhoso de fora! O legal desse filme é que ele "serve" tanto pro Natal quanto pro Halloween, minha outra data festiva favorita *-*

A origem dos guardiões (2012)
As crianças do mundo inteiro são protegidas por um seleto grupo de guardiões: Papai Noel, Fada do Dente, Coelho da Páscoa e Sandman. São eles que garantem a inocência e as lendas infantis. Mas um espírito maligno, o Breu, pretende transformar todos os sonhos em pesadelo, despertando medo em todas as crianças. Para combater este adversário poderoso, a Lua designa um novo guardião para ajudar o grupo: Jack Frost, um garotinho invisível que controla o inverno. Sem conhecer sua própria vocação de guardião, ele embarca em uma aventura na qual vai descobrir tanto sobre as crianças quanto sobre seu próprio passado.

O mais recente dessa listinha natalina é essa animação super fofa que mistura diversos outras datas festivas (meio ao estilo Jack!)  para contar uma história diferente e bem legal que apresenta um personagem da mitologia nórdica (adorei isso *-*): Jack Frost. 
Menores desacompanhados (2006)
Uma inesperada nevasca na véspera do Natal obriga o fechamento de um aeroporto, prejudicando os planos de todos os passageiros. Entre eles estão os irmãos Spencer (Dyllan Christopher) e Katherine (Dominique Saldana), que, a caminho da casa do pai, aguardam na Área Especial para Menores Desacompanhados, no próprio aeroporto. Neste local estão dezenas de crianças, de todos os cantos do país. Cansado de esperar, Spencer decide deixar o local em que estão. Ele lidera então um grupo que conta ainda com a rica e mimada Grace (Gina Mantegna), a estranha Donna (Quinn Shephard), o gênio Charlie (Tyler James Williams) e o fanático por quadrinhos Timothy (Brett Kelly).

Santa Buddies - Uma aventura de Natal (2009)
Polo Norte. O Papai Noel (George Wendt) e seu cão-chefe Santa Paws (Tom Bosley) estão preocupados com a produção de brinquedos, pois o Espírito Natalino, que é a principal fonte de energia da fábrica mágica, está em baixa. Quando Puppy Paws, filhote rebelde de Santa Paws, foge de casa e diz que não está nem aí para o Natal, a energia na fábrica do Papai Noel cai para um nível alarmante. A partir daí os Buddies terão de reencontrar Puppy e mostrar para ele o verdadeiro significado da data.

Conheci esse filme enquanto "fuçava" pela Netflix e quando vi que se tratava de uma história envolvendo cachorrinhos fofinhos não pensei duas vezes: TENHO QUE ASSISTIR *-* Apesar de bobinho, meio "Sessão da Tarde", é um filme bem legal para relaxar e curtir com a família, os amigos ou até mesmo sozinho ;)

Bonus Track: Especiais temáticos da Turma da Mônica (2012)
Esse é um "extra" da listinha de filmes natalinos por não se tratar especificamente de um filme ou animação sobre natal. Na verdade são 6 histórinhas com temas variados e uma é de natal (As doze badaladas dos sinos de Natal, a primeira histórinha). Como sou apaixonada pela Turma da Mônica e sempre assisti aos especiais natalinos antigos que passava na TV (ôh saudade desse tempo bom...), não poderia deixar esses especiais da turminha de fora. Então fica aqui a indicação de animações curtinhas pra assistir e se divertir!!!

------------------------------------------------
E aí, gostaram da listinha? Já assistiram ou pretende assistir algum deles? *-*
Boa tarde, boa semana e bom Natal pra todos \0/

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Resenha {Livro} A noiva do capitão (Tessa Dare)

Madeline (Maddie) Gracechurch é uma moça nada convencional para seu tempo. Em plena Inglaterra do século XIX, quando as moças inglesas em idade de seu debute ainda estavam preocupadas com qual vestido usariam para irem ao baile a fim de encontrarem seus futuros maridos, Maddie tem horror a lugares como estes, onde ficaria cercada por uma multidão, preferindo assim ficar em casa com seus desenhos - sua grande paixão - e escrevendo cartas para seu “amado”, que na verdade é fruto de sua imaginação bem fértil, um pretendente criado por ela para que desta forma Maddie não precisasse comparecer ao baile em busca de casamento. O que ela não esperava era que, quase 10 anos depois de sua “armação”, seu amado imaginário fosse bater à sua porta para casar-se com ela.
Agora Maddie, já uma solteira convicta - e bem feliz com sua situação -, morando num castelo das Terras Altas da Escócia e trabalhando com aquilo que ela sempre amou - o desenho - terá que lidar com o capitão Logan MacKenzie, um homem só deseja o bem a seus amigos e companheiros que como ele sofreram com os horrores da guerra.

“[...] Enquanto tirava a faixa xadrez e o vestido, ela se lembrou de que o capitão Logan MacKenzie não era o herói com quem passou a adolescência sonhando. Quando ele voltasse para aquele quarto dentro de - ela verificou o relógio - dezenove minuto, não seria com a intenção de continuar o romance; ele voltaria para completar uma transação. Mas, mas, mas...”
(Tessa Dare, p. 54)

Divertido e romântico na medida certa, A noiva do capitão conseguiu me conquistar já no prólogo! A Maddie é uma figura e tanto, com sua imaginação e seu jeito meio tímido de encarar o mundo (e talvez por isso eu tenha me identificado tanto com a personagem, sendo também tímida ^^’). E o Logan foi um personagem que me agradou bastante por não ser o estereótipo do guerreiro bonito que não sabe ser gentil ou mesmo romântico. Muito pelo contrário: ele é um personagem de camadas, com vários lados que vão sendo mostrados ao longo da narrativa, da mesma forma que as demais personagens parecem ser, o que torna a trama bem menos clichê se comparada a outras histórias de amor.
Além disso, a história se passa em sua maior parte nas Terras Altas da Escócia, as Highlands, mais precisamente em Inverness-shire, então é impossível não lembrar das séries literária e televisiva Outlander, que é são umas das minhas séries favoritas

Por fim, vale ressaltar que apesar deste ser o terceiro livro da série Castles Ever After, ele pode ser lido sem medo de spoilers dos livros anteriores, já que são histórias separadas. Cada livro conta uma história diferente, com personagens e lugares diferentes, apesar de todas elas serem de época (romances de época) e se passarem em castelos (daí o nome da série), premissa que achei bem interessante *-*

Enfim, leitura super indicada a todos os que amam romances, histórias de época, uma pitada de hot/caliente com bom humor.

“Maddie a ghràdh. Mo chridhe. Mo bean.”
(Tessa Dare, p. 135)
[Maddie para seu amor. Meu coração. Minha esposa.]

243 páginas | 1ª edição | 2017 | Gutenberg




quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Resenha {Livro} - Querido Diário, Eu Morri (R. L. Stine)

Depois de muitos séculos sem resenhar, hoje apresento o livro infanto-juvenil “Querido Diário, Eu Morri” de R. L. Stine. Até passar pelo Projeto Mais Leitura no Poupa Tempo do Bangu Shopping, não conhecia este autor que é considerado o Stephen King do mundo infantil. Inclusive, sua série de livros “Goosebumps”, se tornou uma série de grande sucesso nos anos 1990 (e tem a primeira temporada na Netflix).
A série de livros “A Hora do Arrepio” possui 15 livros, mas somente 11 deles estão traduzidos para o português. O livro que achei por apenas R$2,00 foi o “Querido Diário, Eu Morri” que conta a história de Alex Silve, um jovem que ama apostar com seus amigos e, num belo dia, encontra um diário um tanto quanto suspeito dentro de uma escrivaninha antiga. Ao abrir o diário, Alex nota que há uma anotação com sua letra sobre o dia seguinte. O jovem não se importa muito, mas fica precavido até que chega o dia seguinte e tudo que estava no diário ocorre. Fascinado, o menino faz apostas com seus amigos, sem revelar sobre o diário. Mas “coisas” estranhas vão acontecendo aos poucos, assuntando Alex. A obra termina de forma interessante e instigante da mesma maneira que algumas obras de King que já li. 
R. L. Stine escreve de forma leva e instigante, que não dá vontade de parar até chegar ao final e descobrir logo toda a razão dos acontecimentos estranhos. Eu li o livro em apenas um dia, pois tem apenas 139 páginas. E enquanto escrevia esta resenha, achei uma série no Youtube baseada nos livros “A Hora do Arrepio” e o episódio 10 é justamente o do livro que estamos falando. Tem algumas diferenças que não ficaram boas, mas, no geral, é bem produzido e interessante. 
Eis o link para quem quiser assistir: https://www.youtube.com/watch?v=1WrBBuaIoJY

144 páginas | 1ª edição | 2007 | Rocco




“Malfeito feito.”


sábado, 2 de dezembro de 2017

Ansel Elgort estrelará adaptação de "O pintassilgo"

Conhecido pelos personagens Augustos (Gus) Waters e Caleb Prior nas adaptações cinematográficas de A culpa é das estrelas (The fault in our stars) e Divergente (Divergent) respectivamente, o ator Ansel Elgort, que este ano ganhou notoriedade por seu papel no filme Em Ritmo de fuga (Baby driver), estrelará outra adaptação cinematográfica de um livro.
Segundo a revista Variety, Ansel encarnará Theodore (Theo) Decker, o protagonista de O pintassilgo (The Goldfinch), romance da americana Donna Tart, vencedor do prêmio Pulitzer de ficção em 2014, contando com direção de John Crowley, conhecido pelo filme Brooklyn.
Se a adaptação de O pintassilgo for tão boa quanto o livro, este será mais um filme de sucesso com a participação de Ansel.

Há ainda rumores de que o ator Ralph Fiennes, o Voldemort da série Harry Potter, poderá vir a atuar ao lado de Ansel como o mentor de seu personagem, porém nada foi confirmado.
A produção começará no início de 2018, então certamente em breve teremos maiores novidades.

Confira a seguir a sinopse do livro:
Theo Decker, um nova-iorquino de treze anos, sobrevive milagrosamente a um acidente que mata sua mãe. Abandonado pelo pai, Theo é levado pela família de um amigo rico. Desnorteado em seu novo e estranho apartamento na Park Avenue, perseguido por colegas de escola com quem não consegue se comunicar e, acima de tudo, atormentado pela ausência da mãe, Theo se apega a uma importante lembrança dela: uma pequena, misteriosa e cativante pintura que acabará por arrastá-lo ao submundo da arte. 

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Resenha {Livro} Menina Má (William March)

Seria a maldade ou a psicopatia algo genético? Alguém pode mesmo nascer mau ou aprende-se a ser mau com o tempo e pelo ambiente em que vive, ou seja, sendo fruto do meio?
Essas são as principais questões abordadas em Menina má, último romance, e o de maior notoriedade, de William March.

Anos 50, na cidade de Baltimore, EUA, a família Penmark acabara de fixar nova residência. Enquanto o Sr. Kenneth Penmark viajava a trabalho, viviam em seu novo endereço a esposa, Sra. Christine Penmark, e a adorável filha do casal, a pequena Rhoda Penmark, que com seu sorriso de covinha e jeito perspicaz, em seus apenas 8  anos encantava a todos a sua volta. Exceto as crianças de sua idade...
"Afinal, qual era o problema de Rhoda? Por que ela não agia como as outras meninas da sua idade? Qual era a explicação para aquele estranho comportamento antissocial? Ela pensou no passado, retrocedendo ao começo da vida da menina, esforçando-se para enxergar se falhara em educá-la ou amá-la, tentando encontrar erros que cometera [...] mas não conseguiu encontrar nada de importante."
(William March, p. 113)

Rhoda é bem diferente das outras crianças. Esperta, atenta e quieta, ela poderia muito bem passar por uma criança tímida se não fosse por sua desenvoltura na frente dos adultos. E o que ela tem em encanto por fora, tem também em egoísmo por dentro, fazendo aquilo que visa algum lucro para si. E o grande estopim se dá quando um coleguinha de classe de Rhoda morre num trágico e misterioso acidente enquanto ambos estavam num passeio da escola, ao que a menina reage normalmente enquanto qualquer criança estaria visivelmente abalada.
Contado sob o ponto de vista da mãe de Rhoda, que se vê sem saída ao descobrir a estranha “condição” de sua filha, se sente culpada por tudo que sua filha causara. E assim este suspense psicológico com ares de terror consegue prende quem o lê desde a primeira até a última página sempre fazendo indagar qual será o próximo passo de todos os personagens que permeiam a narrativa, personagens estes que como a protagonista possuem sua parcela de importância na construção da história.

O livro me surpreendeu positivamente e por isso indico ele a todos os leitores e leitoras que gostam de suspenses/thrillers, e acima de tudo, histórias bem escritas 😉
O filme baseado no romance, que recebeu o título de Tara Maldita aqui no Brasil (título horrível, mas enfim...), lançado em 1956, em preto e branco, contou com a direção de Mervyn Leroy - mesmo diretor de O mágico de Oz (1939). Apesar de ser um pouco diferente do livro, em sua maior parte está bem fiel à obra literária. Também recomendo 😉

262 páginas | 1ª edição | 2016 | DarkSide Books




terça-feira, 28 de novembro de 2017

{Caixinha de Correio} Novembro/2017

Boa tarde queridos leitores e leitoras do meu Brasil!! Como vocês estão?
Estou aos poucos voltando aos posts usuais do blog, então hoje é dia de mostrar  os livrinhos novos que chegaram pra mim este mês. Vamos lá?!
- Tiradentes Carioca: As relações dos inconfidentes mineiros com o Rio de Janeiro (André Luis Mansur e Ronaldo Morais)
Ganhei este livro do autor, o André Luis Mansur, me sinto honrada de mostra-lo aqui, pois fiz parte dele de certa forma. Sou diagramadora e capista, já trabalhei numa editora pequena que publicou os livros do André, e quando ele me chamou para trabalhar como diagramadora e capista neste livro independente que ele iria lançar este ano, fiquei mega feliz e lisonjeada e poder fazer parte disso *-* Estou lendo o livro físico agora (depois de ler o e-book) e amando (de novo ^^’) poder conhecer a história desse grande “personagem” do nosso país.
- A noiva do capitão (Tessa Dare)
Ganhei esse livro no evento de Romances de Época que teve numa livraria do meu bairro este mês. Quando o ganhei, fiquei meio chateada pois ele era o terceiro da série Castles Ever After, mas aí fui ler o prólogo e vi que dava pra ler fora da ordem; e como gostei da história logo nas primeiras páginas, não pensei duas vezes: devorei-o em alguns dias e me encantei pela história *-* A resenha dele será postada em breve aqui no blog ;)
- Como parar o tempo (Matt Haig)
Recebi esse livro em parceria com a queridíssima HarperCollins Brasil e logo assim que ele chegou, comecei a ler (muito devido ao atraso dos Correios, que atrasou também minhas leituras, mas enfim...). Amei a história diferente e bem inusitada do livro e indico a todos e todas! Inclusive já tem resenha dele aqui no blog, que pode ser lida clicando aqui.

- Os cinco do ciclo (Elias Flamel)
Por fim, porém não menos importante, esse mês também recebi um e-book e de um autor nacional de literatura fantástica (amo/sou <3). Estou lendo e gostando bastante da história e assim que possível trarei resenha dele aqui também ^_^
--------------------------------------------------
Este foi mais um mês super positivo para meu vício literário, com livros recebidos que eu tive o prazer enorme em ler e recomendar a outros leitores.