terça-feira, 18 de julho de 2017

{Curiosidades Literárias} 44 ou 43 pores do sol em "O pequeno príncipe"?

Há mais ou menos uns dois meses, resolvi me arriscar em ler O pequeno príncipe em francês pra praticar o idioma enquanto não começo outro curso, e enquanto lia, uma passagem do livro despertou bastante minha curiosidade...

“- Um dia eu vi o sol se pôr quarenta e quatro vezes!
E um pouco mais tarde acrescentaste:
- Quando a gente está triste demais, gosta do pôr de sol...”
(Antoine de Saint-Exupéry, p. 25)

Na edição brasileira, o Principezinho afirma ter visto 44 pores do sol, mas quando eu li esse trecho em francês, ele afirmava ter visto 43 pores do sol, como é possível ver a seguir:

“– Un jour, j’ai vu le soleil se coucher quarante-trois fois !
Et un peu plus tard tu ajoutais :
– Tu sais… quand on est tellement triste on aime les couchers de soleil…”
(Antoine de Saint-Exupéry, pp. 26-27)

Isso me fez pensar que a edição brasileira poderia ter cometido algum erro, mudando de quarenta e três para quarenta e quatro; só que não satisfeita, fui fazer algumas pesquisas na Internet e eis que encontro um artigo bem interessante onde dizia-se que a mudança ocorreu na primeira tradução do inglês, cuja tradutora na época pode ter feito isso para homenagear o autor, que estava com 44 anos quando veio a falecer.
Quanto a isso, ainda não podemos ter muita certeza, mas uma teoria bem interessante também estava neste artigo explicando o motivo pelo qual Exupéry escreveu 43 pores do sol ainda em francês...

Como uma verdadeira lição de história, Exupéry teria feito uma referência ao 43º pôr do sol livre da França, ou seja, o último dia de liberdade do país no começo dos anos 1940, ano em que os nazistas invadiram França, Bélgica, Luxemburgo e os Países Baixos. Por isso que o Pequeno Príncipe, em alusão ao próprio autor, estava tão triste no dia em que vira os 43 pores do sol em seu planeta - ou seja, no 43º pôr do sol, 43º dia livre de seu país.
Exupéry veio a falecer durante a Segunda Guerra Mundial e infelizmente nunca viu seu país livre outra vez, já que após escrever O pequeno príncipe, retornara à Europa para lutar.

Embora seja uma história bem triste, é uma aula de história e tanto... E assim temos cada vez mais surpresas com esta incrível e inspiradora história.

Bibliografia:

Ocean on tuesday https://oceanontuesday.wordpress.com/2012/04/25/why-43-sunsets-in-the-little-prince/ Acesso em: 09/07/2017.
SAINT-EXUPÉRY, Antoine de. O pequeno príncipe. 48. ed. Rio de Janeiro: Agir, 2009.

SAINT-EXUPÉRY, Antoine de. Le petit prince.

Nenhum comentário:

Postar um comentário